No ar desde 24 de Abril de 2008

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Quem não viu, vai ver" vai ser fracasso.

Quem não viu, vai ver" remexe baú do SBT


Seria interessante entrevistar artistas, que já trabalharam na casa, para dar uma "incrementada" na atração


O SBT resolveu remexer, mais uma vez, em seu baú. Desta vez, Silvio Santos não vasculhou os sucessos antigos para reestrear na programação 2008. Agora, a emissora paulista exibe aos sábados o "Quem não viu, vai ver", apresentado pelos "ex-geladeiras" Caco Rodrigues e Helen Ganzarolli. A dupla comanda a atração que reúne imagens do arquivo do SBT. O ar nostálgico da vice-liderança toma conta do espaço. Quadros da "A Praça é Nossa", entrevistas interessantes da "Hebe", Angélica no comando do "TV Animal", Porta dos desesperados de Serginho Mallandro, entre outras preciosidades já apareceram. Além disso, as reprises dos recentes "Vinte e Um" e "Topa ou Não Topa" são exibidos no final da sessão. A interatividade também ganhou mais uma oportunidade. Caco e Helen comandam as velhas brincadeiras do "Charme" e do "Fantasia", sem as "meninas de biquini". Enfim, uma redução de custos. Os telespectadores revelaram, em muitas oportunidades, que sentiram saudades do casal. Sem mais, nem menos, o "Fantasia" acabou para desespero de parte do público e alegria de outros. Agora, a frase para participar das gincanas é "quem não viu, vai ver". Caco não aposta mais no slogan "Eu sou seu fã!", derivação do "eu sou fã do SBT!". Mesmo assim, o ar "Fantasia no ar" é forte. Helen Ganzarolli mantém o "obrigado pelo seu carinho!" e já cometeu atos falhos que remetem à antiga atração. "Quem não viu, vai ver" fica entre 3 a 5 pontos de média, mesma faixa no Ibope atingido pelos programas que já ocuparam a grade horária. O programa poderia relembrar fatos marcantes da história do SBT, como as passagens de Thalia no "Domingo Legal", Gabriela Spanic no "Em Nome do Amor", quadros de sucesso do dominical de Gugu Liberato e novelas que alcançaram sucesso no País. Seria interessante entrevistar artistas, que já trabalharam na casa, para dar uma "incrementada" na atração. "Vinte e Um" e "Topa ou Não Topa" poderiam ser inéditos com novos apresentadores no comando. O SBT precisa investir, com ênfase, na programação dos sábados.

POSSIVEL NOVO CANAL ABERTO NA SKY É A TV EDUCATIVA DO PARANÁ

POSSIVEL NOVO CANAL ABERTO NA SKY É A TV EDUCATIVA DO PARANÁO presidente da TV Educativa, Marcos Batista, viaja o País para tentar fechar negócio com a TV a cabo Sky. Se o negócio for concretizado, o governo do Paraná vai desembolsar mensalmente R$ 140 mil para levar o sinal da TV Paraná Educativa a diferentes pontos do Brasil, como quer Requião.

FONTE: http://www.parana-online.com.br/noticia ... unista=238

Bomba: programa Encontro Marcado pode dá Adeus.

Bomba: programa Encontro Marcado pode dá Adeus.

PARA salvar seu Encontro Marcado, o apresentador Luiz Gasparetto resolveu apelar a sessões de incorporação de espírito no programa, exibido pela Rede TV!, às 18h. A primeira experiência ocorreu na última sexta, em edição gravada. A audiência, que oscilava entre um e dois pontos no Ibope, saltou para 2,5. Fez tanto sucesso que a Rede TV! está exibindo chamadas convocando a audiência para o Encontro Marcado da próxima segunda, quando Gasparetto promete incorporar ao vivo e atender a telefonemas de aflitos. Ameaçado de sair do ar, o programa foi salvo pelo Além. No programa de sexta, Gasparetto, que é psicólogo de formação e se define como médium psicopictográfico, incorporou Calunga, seu espírito mentor. Durante a sessão, o apresentador fechou os olhos e mudou a voz, falando com sotaque caipira. Ao final do bloco, Calunga se despediu: Até uma próxima, se me permitirem. Filho de Zíbia Gasparetto, grande vendedora de livros de auto-ajuda, Gasparetto descobriu sua mediunidade ainda na adolescência, quando teria incorporado espíritos de grandes mestres da pintura. Nos anos 90, rompeu com a doutrina espírita, porque Calunga, seu guia, seria um preto-velho, entidade da umbanda. Até a conclusão desta edição, Gasparetto não havia atendido ao pedido de entrevista feito pela Folha.

fonte:(Daniel Castro)

quarta-feira, 21 de maio de 2008

HIGH SCHOOL MUSICAL A NOVA LAGOA AZUL DA GLOBO.?????

HIGH SCHOOL MUSICAL A NOVA LAGOA AZUL DA GLOBO.

não faz 3 meses que passou na tv aberta e já ta passando de novo
bom ainda bem que eu to dormindo quando passa isso .

a lagoa azul nusa, passa todo o dia na globo.

já passou umas 200000 mil vezes!!

Hsm só é o começo.


high school musical passou em novembro, fevereiro, passara em maio e provavelmente em agosto de novo intercala com a lagoa azul ?

MINISTÉRIO REPROVA ATÉ BEBIDA EM NOVELA

MINISTÉRIO REPROVA ATÉ BEBIDA EM NOVELA

EM despacho publicado ontem no Diário Oficial, o Ministério da Justiça negou recurso da Globo contra a reclassificação indicativa da novela das sete da emissora, Beleza Pura, de livre para imprópria para menores de dez anos. A Globo, que vem fazendo vários cortes na novela, argumentou que a produção tem trama light, que aborda valores ligados à beleza e estética de forma bem-humorada e que trata todos os temas em tom ameno, com leveza correspondente à classificação livre. O ministério reconheceu o tom ameno, mas manteve a reclassificação de imprópria para menores de 10 anos porque seu monitoramento detectou conteúdos inadequados à classificação livre, que envolvem consumo de bebidas alcoólicas, linguagem depreciativa e agressão física. A Globo vai recorrer novamente. A classificação de 10 anos não é vinculada a horário. Portanto, não influi na grade da Globo. Mas, devido ao risco de reclassificação para 12 anos (o que obrigaria a novela a entrar no ar após 20h), tem trazido inúmeras restrições a Beleza Pura. Nos últimos capítulos, seqüências em que Regiane Alves e Carolina Ferraz brigaram tiveram de ser amenizadas. Cena em que o personagem de Humberto Martins (Renato), meio bêbado, beijaria o de Mônica Martelli travestida de homem (Mateus), prevista para a semana que vem, deve ser vetada.

Fonte:(Daniel Castro)

Center Box compou Hipermercantil.

Center Box compou Hipermercantil.

setor supermercadista de Fortaleza experimenta uma nova onda de negociações e expansão. O Center Box adquiriu a loja — fechada há cerca de dois anos —, do Hipermercantil da Avenida José Bastos; o Planeta comprou o Chalana, no Centro de Fortaleza; enquanto o Super Família vai abrir nova unidade na Avenida Washington Soares e o São Luiz está prestes a abrir uma miniloja, na Soriano Albuquerque.

Adquirida há 15 dias, por preço não revelado, a mais nova loja de varejo do Center Box — a oitava do grupo —, já se encontra em reforma e vai ser inaugurada entre os dias 20 e 30 de julho próximo. Segundo o gerente da Área de Compras do Center Box, Antônio Laércio da Silva, a nova unidade vai adequar os 2.200 metros quadrados da loja do antigo Hipermercantil, ao estilo da unidade de Messejana.

Conforme disse, o Center Box José Bastos vai ofertar mix de 30 mil itens, além de produtos de padaria, frigorífico e sushibar. Para agregar valor ao empreendimento e atrair a clientela, Laércio informa que as lojinhas externas serão todas reformadas e alugadas para empresas de serviços, a exemplo de farmácia, casa lotérica e videolocadoras etc.

fonte:jornal diário do nordeste

TV Ceará canal 2 em Fortaleza.

TV Ceará Tupi


Lançada a pedra fundamental em maio de 1959, a TV Ceará canal 2 dos Diários Associados só entraria no ar em 26 de novembro de 1960, ano em que Fortaleza tinha cerca de 500 mil habitantes e apenas 200 televisores, muitos deles adquiridos bem antes, em promoções feitas pelas grandes lojas de então: Casa Parente, Flama, Cimaipinto, Livraria Alaor, Ceará Gás Butano, A Cruzeiro, Armazém Paissandu e outras mais Trata-se de um marco histórico porque a TV Ceará, instalada na Estância Castelo, onde hoje fica a holding do Grupo Edson Queiroz, na avenida Antônio Sales, foi a primeira emissora de televisão do Estado, servindo de escola pra muita gente boa, como Emiliano Queiroz, Renato “Didi” Aragão, Ayla Maria, Augusto Borges, Paulo Limaverde, B. de Paiva, João Ramos, Wilson Machado, Guilherme Neto, Ary Sherlock, Hiramisa Serra, Karla Peixoto, Assis Santos e muitos outros. Além, claro, de ter revolucionado os costumes e os conceitos da comunicação da época.
Devido à cassação da concessão pelo governo militar, em 14 de julho de 1980, juntamente com outras emissoras da Rede Tupi, sai do ar a TV Ceará.
Com o fim do conglomerado de comunicações de Assis Chateubriand, em 1980, o Governo Federal rateou as empresas pertencentes aos Diários Associados, incluindo a primeira emissora de televisão de Fortaleza: a TV Ceará, inaugurada em 26 de novembro de 1960. A concessão do canal 2 acabou ficando com a Rede Manchete, que inaugurou sua nova geradora na capital cearense no dia 13 de março de 1983 (segundo jornais da época). O moderno prédio, desenhado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, abrigou a nova estação na avenida Antônio Sales.
Com o fim do conglomerado de comunicações de Assis Chateubriand, em 1980, o Governo Federal rateou as empresas pertencentes aos Diários Associados, incluindo a primeira emissora de televisão de Fortaleza: a TV Ceará, inaugurada em 26 de novembro de 1960. A concessão do canal 2 acabou ficando com a Rede Manchete, que inaugurou sua nova geradora na capital cearense no dia 13 de março de 1983 (segundo jornais da época). O moderno prédio, desenhado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, abrigou a nova estação na avenida Antônio Sales.

A programação do primeiro dia iniciou com um show dirigido por Nelson Pereira dos Santos (O Mundo Mágico, às 18h30min), com a participação de diversos artistas como Ney Matogrosso, Paulinho da Viola, Kleiton & Kledir, Erasmo Carlos, Alceu Valença, Zizi Possi e os grupos Blitz e Roupa Nova. Em seguida, a exibição do filme "Contatos Imediatos do Terceiro Grau", sucesso dos cinemas.

Desde o início, retransmitiu diretamente a programação gerada do Rio de Janeiro, com uma equipe de jornalismo local dirigida por Ruy Lima, que enviaria matérias direto para os programas da Rede Manchete. Em 1999, com a quebra da Manchete, a RedeTV! assumiu todas as geradoras, inclusive a de Fortaleza, mantendo o mesmo caráter de repetidora do sinal de satélite e produzindo matérias para os telejornais da rede, sem produzir programas locais.

A RedeTV! Fortaleza só possui duas equipes de reportagem, uma comandada pelo repórter Omar Jacob e outra pela Rita Brito, que faz as reportagens da Região Metropolitana de Fortaleza. Mas as reportagens são decididas pelo departamento de jornalismo, em São Paulo, SP.

Hoje ambas as equipes estão trabalhando em tecnologia HD digital. A primeira emissora no Ceará a veicular suas reportagem em HD.

Vaticano diz já vi um E.T ?

Vaticano diz já vi um E.t ?

O diretor do observatório astronômico do Vaticano, padre José Gabriel Funes, afirmou que Deus pode ter criado seres inteligentes em outros planetas do mesmo jeito como criou o universo e os homens.

"Como existem diversas criaturas na Terra, poderiam existir também outros seres inteligentes, criados por Deus", disse o diretor do observatório conhecido como Specola Vaticana.

"Isso não contradiz nossa fé porque não podemos colocar limites à liberdade criadora de Deus", acrescentou Funes, em entrevista ao jornal L'Osservatore Romano, órgão oficial de imprensa da Santa Sé.

Na entrevista ao jornal do papa, o padre Funes, jesuíta argentino de 45 anos de idade, cita São Francisco ao dizer que possíveis habitantes de outros planetas devem ser considerados como nossos irmãos.

"Para citar São Francisco, se consideramos as criaturas terrestres como 'irmão' e 'irmã', por que não poderemos falar tambem de um 'irmão extraterrestre'?", pergunta o padre. "Ele tambem faria parte da criação."

Perspectiva

Na opinião do astrônomo do Vaticano, podem haver seres semelhantes a nós ou até mais evoluídos em outros planetas, ainda que não haja provas da existência deles.

"É possível que existam. O universo é formado por 100 bilhões de galáxias, cada uma composta de 100 bilhões de estrelas, muitas delas ou quase todas poderiam ter planetas", afirmou Funes.

"Como podemos excluir que a vida tenha se desenvolvido também em outro lugar?", acrescentou. "Há um ramo da astronomia, a astrobiologia, que estuda justamente este aspecto e fez muitos progressos nos últimos anos."

Segundo o cientista, estudar o universo não afasta, mas aproxima de Deus porque abre o coração e a mente e ajuda a colocar a vida das pessoas na "perspectiva certa".

Padre Funes diz ainda que teorias como a do Big Bang e a do evolucionismo de Darwin, que explicam o nascimento do universo e da vida na Terra sem fazer relação com a existência de Deus, não se chocam com a visão da Igreja.
Como astrônomo, eu continuo a acreditar que Deus seja o criador do universo e que nós não somos o produto do acaso, mas filhos de um pai bom", afirma.

"Observando as estrelas, emerge claramente um processo evolutivo, e este é um dado cientifico, mas não vejo nisso uma contradição com a fé em Deus."

Ateísmo

Na visão do religioso, estudar astronomia não leva necessariamente ao ateísmo.

"É uma lenda achar que a astronomia favoreça uma visão atéia do mundo", disse o padre. "Nosso trabalho demonstra que é possível fazer ciência seriamente e acreditar em Deus. A Igreja deixou sua marca na história da astronomia."

Diretor da Specola Vaticana desde 2006, padre Funes lembrou na entrevista que astrônomos do Vaticano fizeram importantes descobertas como o "raio verde", o rebaixamento de Plutão e trabalhos em parceria com a Nasa, por meio do centro astronômico do Vaticano em Tucson, nos Estados Unidos.

A sede do observatório do Vaticano se localiza em Castelgandolfo, cidade próxima de Roma, onde fica situado o palácio de verão do papa, desde 1935.

O interesse dos pontífices pela astronomia surgiu com o papa Gregório 13, que promoveu a reforma do calendário em 1582, dividindo o ano em 365 dias e 12 meses e introduzindo os anos bissextos.

http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2008/05/13/vaticano_admite_que_pode_haver_vida_fora_da_terra-427364374.asp

A profecia maia diz , O mundo não vai acabar em 2012.

A profecia maia diz , O mundo não vai acabar em 2012.

A civilização Maia mapeou as fases e cursos de diversos corpos celestes, a partir disso, sua concepção de tempo cíclico era de 52 anos... a cada fim destes 52 anos, haveria uma época de dificuldades para a população e, para livrar-se disso, destruíam sua cidades e contruíam novas e mais "modernas" em cima, preparando-se para a nova "Era" de 52 anos.
O seu mapeamento das fases da Lua, por exemplo, era praticamente perfeito, fazendo com que seus cálculos dessem certo por milhares de anos.. até mesmo hoje, as fases da Lua a partir do calendário Maia são erradas apenas por alguns segundos ou minutos...
Incrivelmente há uma pausa no calendário, no final dos últimos 52 anos, não há mais nada "programado" a partir do ano de 2012...

Essa explicação serve para saber o "por quê" da escolha do ano de 2012 para o fim do mundo. Não que eu ache que seja realmente o fim dos tempos em 2012... há, lembrando... o Império Maia caiu exatamente no período nefasto, na passagem dos 52 para os outros 52 anos...

terça-feira, 20 de maio de 2008

tv união vai muda cara nova.

em breve tv união séra grande mundança .

A Rede União foi fundada em agosto de 1988 em Rio Branco no Estado do Acre retransmitindo o sinal da Rede Bandeirantes pelo canal 13, fazer televisão num local tão isolado como era o Acre na década de 80 foi um grande desafio. Mas a TV União nunca temeu desafios dois anos depois de sua instalação já tinha mais sete emissoras instaladas nos principais municípios além da capital.A visão de futuro da TV União, fez com que a emissora buscasse mais, e efetivamente na década seguinte, participasse dos processos de licitação de canais de Rádio e Televisão, que o Ministério das Comunicações realizava em todo o país. A TV União ganhou em vários estados e hoje o grupo que conta com emissora independente canal 17 UHF e 21 NET, em Fortaleza-CE, e tem suas emissoras próprias em Brasília-DF canal 56 UHF, Rio Branco – ACRE canal 13 UHF e também conta com seus parceiros em outros estados no Brasil para retransmissão em canal aberto. A Tv União está via satélite para as três Américas e parte da Europa. A Rede União conta com uma estação de Rádio FM em Rio Branco - ACREÉ acreditando no futuro e principalmente, ser um veículo de transformação social que a TV União investe em novas tecnologias para que cada vez mais seja a opção na vida dos nossos telespectadores.

Apresentadores da TV União

A primeira formação (até 2004) era formada por Karine Alexandrino, Dan Viana, Rodrigo Vargas, Thiago Mancha, Fernanda Costa, Natália Nara e Anderson Marçal. Mais tarde, em 2005, entra Amenhotep, Eve Butterfly, Gal Santiago e Marta Cruz. Muitos dessa formação de apresentadores saíram da emissora para trabalhar no sistema Verdes Mares Re-transmisora da Globo TV Diário ou seguirem outra carreira. Em janeiro de 2006, entra Marisa Paiva, Grazy Costa. E da antiga formação só restaram Karine, Rodrigo e Dan, que trabalham atualmente junto com Amenhotep, Grazy e Marisa. Atualmente, entrou também a carioca Renata Aymoré, e os atuais VJs Rafael e Luciana.

Papo TV União
Estreou em março de 2005, a partir do chat da emissora, e depois se tornou independente, visando o encontro de jovens, que se comunicariam mais (fariam novas amizades e encontrariam novas paqueras). Isso representaria um avanço na emissora, e os jovens passariam a assistí-la mais e interagir com ela. O papo TV funciona da seguinte maneira: jovens cadastrados com o seu nickname (apelido real ou fictício) mandam mensagens para a emissora pelos celulares das linhas já tradicionais Oi, Tim e Brasil Telecom cadastrados (e atualmente, até celulares da Claro e da Telemig Celular), para falar com os apresntadores, pedir clipes ou falar com os seus amigos ou paqueras; os amigos mais íntimos se organizam em grupos, e se encontram em terminais rodoviários e pontos turísticos de todos os lugares do Brasil onde a TV União é exibida.

em 2007 foi programa União Otaku é um programa de televisão brasileira que, apesar do nome, não é voltado apenas para Otakus.

em 2008 séra grande mundança tv união não poder falar,mas tem sete chaves.

vem ai duas novo canais na sky.

vem aí duas novo canais na sky.

JBN Tv e TV Aparecida.

Novo canal sobre cultura japonesa

Novo canal sobre cultura japonesaO canal JBN TV - Japan Brasil Networks está prestes a ser inaugurado e exibirá vários programas sobre a cultura japonesa. O canal é gerado em São Paulo e já está disponível no satélite NSS 806, mas praticamente ninguém deve ter sua antena parabólica apontada para este satélite.Segundo o site da JBN TV, o canal exibirá programas de variedades, qualidade de vida, Documentários, Entrevistas, Esportes, Culinária, Informativos e programas sobre o centenário da imigração japonesa. Na página inicial do site do canal, há um vídeo onde são mostrados trechos de animes, modas e entretenimento japonês.http://www.jbntv.com.br/Segundo falaram é no dia 18 de junho que ele entra em operação. A data escolhida é por causa das comemorações do centenário da imigração japonesa no Brasil que cai neste dia.

em breve séra tv cabo net e sky.

quarta-feira, 14 de maio de 2008

o mundo não vai Acabar,mas só em daqui de cinco bilhões de anos

Agradeço os comentários e links enviados antes e após minha participação no Programa Livre. Percebo pelos comentários e e-mails que recebi, que muitos acharam que minha participação foi apática e amedrontada. De fato, essa foi a impressão que o programa passou. Lembro-me que meus comentários no final da gravação com Daniel Sottomaior, Editor da área S.T.R. (que acompanhou dos bastidores a gravação), foram que eu havia falado por bastante tempo e que havia até sido um pouco agressivo demais. Me espantei tanto quanto vocês ao ver que o resultado que foi ao ar era outro, pois a produção do programa simplesmente não exibiu 70% do que eu disse na gravação.

Quanto aos motivos para tal corte, posso apenas especular com meus botões. Ceticismo e ciência não dão ibope? Sementes de pensamento crítico podem minar as audiências dos crédulos que assistem programas sobre astrologia e afins, exibidos regularmente pela emissora? Apenas os produtores do SBT podem responder.
Lembro-me de algumas coisas que falei, porém não com precisão. Citei uma paródia de um sujeito que aposta com o outro um milhão que o mundo não vai acabar, e que se acabar ele pode ir lhe cobrar a dívida da aposta. A platéia foi receptiva com essa piadinha, me retribuindo com risos.
Usei uma metáfora para explicar a falácia de contar apenas os acertos e negligenciar os erros. Disse que se um sujeito tem uma arma com uma única bala, mira e acerta no alvo, ele é bom em acertar coisas. Mas se ele tem uma metralhadora, aperta o gatilho e balança aleatoriamente o braço, se acertar uma ou duas balas no alvo não é nada significativo, pois ele errou milhares de outras balas. As pessoas agem dessa forma com Nostradamus (e outros profetas), elas se esquecem dos erros e lembram-se apenas dos pseudo-acertos.
Quando falei que acreditava em morte antes da morte (isso foi ao ar), completei minha linha de raciocínio minutos depois (que não foram exibidos) ao explicar que as pessoas não devem acreditar em nenhum tipo de profecia apocalíptica, citando o caso do suicídio em massa no episódio do 'Heaven's Gate', quando várias pessoas foram induzidas a tomar veneno porque um líder religioso dizia que o mundo ia acabar. Ele avisava que apenas os que o seguissem iriam ser salvos em uma nave espacial que estava escondida atrás de um cometa. O mundo não acabou, mas as vidas dos seguidores sim. Foi a morte antes da morte.
Pretendia presentear a Babi com o último livro de Richard Dawkins, Desvendando o Arco-Íris, mas não tive tempo. (Quem viu o programa percebe que entrei empunhando um livro e no final do programa fiquei chamando pela Babi para entregá-lo, mas ela nem me deu ouvidos). Queria fazer isso para mostrar aos telespectadores que há boa literatura cética e científica voltada para o público leigo, já publicada no Brasil. Infelizmente não pude. Espero que tenhamos performances melhores nas próximas participações da STR nos veículos de mídia.
Comentários Posteriores
Comentário posteriores do ponto de vista científico podemos afirmar que o mundo terá um fim absolutamente diferente do que os "profetas" apocalípticos e as religiões relatam. A possibilidade de um corpo massivo como o que extinguiu os dinossauros se chocar com a Terra nos próximos séculos é remota, porém dentro de algumas centenas de milhares de anos um evento como este deve ocorrer, de acordo com as estatísticas baseadas nos registros astronômicos e geológicos. Mesmo que mantenhamos nosso atual nível tecnológico até lá (o que quase que certamente não irá ocorrer), a vida na Terra não será extinta. Não será o fim do mundo ainda.
Dentro de cinco bilhões de anos o combustível que alimenta as reações nucleares no Sol irá se exaurir. A estrela irá se expandir e a Terra terá um desses dois destinos: ou virará um deserto, ou será engolida pela nova estrela gigante vermelha. De qualquer forma até lá a humanidade já não existirá mais. Ou teremos nos transformado em outra(s) espécie(s) ou já teremos nos extinguido. Cinco bilhões de anos é mais tempo que a própria vida tem de vida. É tempo mais que suficiente para bactérias evoluírem até se tornarem seres capazes de abrigar memes e enviar artefatos para fora do sistema solar. Cito Carl Sagan:
"Cinco bilhões de anos é muito tempo. Em cinco bilhões de anos todos os humanos se tornarão extintos ou terão evoluído para outros seres, nenhum de nossos artefatos terá sobrevivido na Terra, os continentes terão se tornado irreconhecivelmente alterados ou destruídos, e a evolução do Sol terá queimado a Terra como torrada ou reduzida à um redemoinho de átomos."Pale Blue Dot, pág. 153.

O fim do médium que previa o passado

O fim do médium que previa o passado

Pouca gente sabe mas Jucelino Nóbrega da Luz, o médium que consegue surpreender algumas pessoas com sua capacidade para prever o passado o "profeta do ex" (ou devemos dizer "ex-profeta" agora que sua previsão mais notória não se realizou) já alegou ter psicografado ninguém menos que a própria Nossa Senhora de Fátima.Segundo Jucelino, a santa lhe revelou um segredo; não um segredo qualquer, mas o "Terceiro Segredo", a terceira das três revelações que a Virgem Maria teria feito a alguns pastores portugueses no início do século passado. Tudo bem que o Terceiro Segredo já foi Revalação pela Igreja Católica em 2000 e seu conteúdo nem era tão espetacular assim (para desapontamento de muita gente). Assim mesmo Nossa Senhora insistiu.E o que a Virgem Maria quis (novamente) revelar ao mundo, desta vez escolhendo Jucelino como seu porta voz?O segredo é que o mundo vai acabar ?Quando? Bem, o curioso é que, por algum motivo obscuro, a mãe de Jesus Cristo ignorou a datação que tem como referência o nascimento do seu filho. Em vez disso a Virgem revelou que o mundo vai se acabar mais ou menos 30 anos depois do último dia do calendário Maia, que corresponde ao ano de 2012 depois de Cristo.Isto quer dizer que em vez de usar o calendário Gregoriano, usado hoje na maior parte do mundo, ou mesmo do calendário Juliano, usado em sua época, ambos baseados no nascimento do filho de Deus, a Virgem preferiu revelar seus segredos ao professor Jucelino usando o calendário de uma antiga tribo pagã que adorava uma meia dúzia de deuses diferentes cuja ira e benevolência precisavam ser negociadas com sangrentos sacrifícios humanos.E tem gente que engole isso...o mundo não vai Acabar mais. Acabou. Assistimos ao fim de Jucelino Nóbrega. Lula ganhou e Jucelino perdeu. Com sorte em poucos meses teremos esquecido esse sujeito e suas ofensas à inteligência e à sensibilidade humanas.

Há há há há há há ha.

HUMOR :ENTREVISTA COM NOSTRAGAY

HUMOR :ENTREVISTA COM NOSTRAGAY


STR: O senhor acredita mesmo em previsões?

NOSTRAGAY: Claro! Mas sempre saio com o meu guarda-chuva.

STR: Então, como explica que o mundo ainda não tenha acabado?

NOSTRAGAY: Estão com pressa? [Risos, mas só da parte do entrevistado.] Falando sério, é evidente que o mundo vai acabar. Ou vocês acham que alguém agüenta mais uma campanha do Collor pela televisão? O que aconteceu foi que, por questões profissionais, fui obrigado a adiar o fim do mundo. Mudei a data, só isso. Só não posso estragar o suspense. Seria quebra de contrato.
STR: O senhor vendeu os direitos de adaptação das Centúrias?

NOSTRAGAY: Vendi. Sabe que por essa nem eu esperava? Estava negociando com a Record e o SBT, mas a Marluce chegou com uma proposta irrecusável, de um horário só meu e com direito a botar no bolso o merchandising. Ironicamente, a estréia ainda não está prevista, mas esse é o tipo de trabalho que eu deixo para os executivos. No mais, podem ficar tranqüilos que remarcarei o grande dia assim que tiver a grade de programação e os índices de audiência.

STR: Já que o senhor está enturmado com a TV, como vai acabar a próxima novela das 8?

NOSTRAGAY: Com aquela italianada toda? Óbvio: vai acabar em pizza.
STR: O que acha de Paco Rabanne ter dito que Paris seria destruída por um fragmento da estação espacial Mir?

NOSTRAGAY: [Com desprezo.] E Paris foi destruída? É o que eu digo: esse Paco não passa de um amador. Só sabe inventar moda.

STR: O senhor também previu a destruição completa de Nova York em 1997, o que não ocorreu.
NOSTRAGAY: Mas foi por pouco, hein! Na época, tudo estava caminhando para o caos. Milhares de brasileiros de sacola na mão em Times Square, falando alto, lotando os restaurantes, os táxis, um inferno. Meu erro foi apostar na âncora cambial do Plano Real. Se a cotação do dólar permanecesse a mesma, não sei se Nova York sobreviveria a mais uma excursão.
STR: Falando em Estados Unidos, o senhor, como o presidente Bill Clinton, também lê os livros de Paulo Coelho?

NOSTRAGAY: [Pausa, fica sério.] Aquele alquimista, não é? Soube que ele se sentou à margem de um rio e chorou. Quer saber? Bem feito! Não é que eu não saiba enfrentar a concorrência com elegância, mas não suporto quando copiam a minha barba e o meu olhar de peixe morto... Quando for para o castelo de CARAS, vou ter uma conversinha com esse sujeito. Agora, já que você mencionou o Clinton, uma coisa eu posso adiantar: [aproxima-se, abaixa a voz, dá um meio sorriso e levanta uma sobrancelha] esse aí não se elege mais, não.

STR: Essa o senhor já acertou. Clinton não pode mesmo se candidatar a um terceiro mandato. Isso nos leva a outra questão: quem vai suceder FHC?

NOSTRAGAY: Olha... Com tanta esculhambação em Brasília, tem um pessoal aí me pedindo que o mundo acabe logo, e em barranco. Mas tô desconfiado de que é lobby lá da Bahia, se é que vocês me entendem... Nessa questão, prefiro não me envolver.
STR: Falemos de sexo, então. Como foi a sua primeira transa?

NOSTRAGAY: Pior do que eu previa. [Risos, só da parte da reportagem.] Mas não gosto de falar sobre a minha vida pessoal. Sei que sou uma pessoa pública e que os fãs têm curiosidade, mas tenho o direito de preservar minha privacidade. Como diz a Pamela Anderson, estou aqui para falar do meu trabalho, de coisas sérias, da minha expressão, do meu eu. Por que vocês não me perguntam sobre maremotos, hecatombes, pragas, reforma tributária?

STR: O tal bug do milênio vai mesmo acontecer?

NOSTRAGAY: [Irônico.] Esses técnicos em informática não pensam no futuro e, depois, dizem que eu é que não sei fazer previsões... É claro que o bug vem aí! Não tenha a menor dúvida. A ameaça é certa, concreta, gravíssima! Inclusive andei desenvolvendo um programa de proteção [dá um cartãozinho], aqui está o meu 0800, liga pra lá que eu te dou um desconto.

STR: Isso significa que o senhor pensa no dia de amanhã?

NOSTRAGAY: Não exatamente. Tenho uma secretária justamente pra isso, além de um personal stylist, claro. Exigências da Marluce.

STR: Acredita nas previsões dos economistas?

NOSTRAGAY: Sabe qual o defeito deles? Excesso de otimismo. Falam em inflação projetada, problemas nas bolsas de mercado futuro e falência dos fundos de pensão das estatais como se tivessem toda uma vida pela frente... [Exaltado, dá um murro na mesa.] Pois se estou dizendo que o mundo vai acabar, ora!

STR: Enquanto isso, para quando o senhor prevê a cura definitiva da calvície?

NOSTRAGAY: Notou o meu chapéu? Também estou esperando, meu filho.

STR: Quem será a capa da edição de 50 anos da Playboy, em 2026?

NOSTRAGAY: Esqueçam a Luana Piovani, a Malu Mader e a Ana Paula Arósio: a essa altura, elas estarão concorrendo ao Oscar pela continuação de Central do Brasil, partes 23, 24 e 25, e vão querer ser reconhecidas apenas pelo talento. Por outro lado, como a ciência fará mulheres de 50 parecerem bonecas de 20, graças às pesquisas desenvolvidas no rancho de Michael Jackson e acessível apenas às amigas do peito, periga a disputa ficar entre a Diana Ross e o Walter Mercado.

STR: E o que o filho de Mick Jagger com a Luciana Gimenez vai ser quando crescer?

NOSTRAGAY: Ele vai ter a beleza dela e o talento dele. Ou será o contrário, coitado? Sei lá, melhor perguntar para a Marluce, que já está em negociações com o empresário do moleque.

STR: Será que finalmente Rubinho Barrichello vai ser campeão da Fórmula 1?

NOSTRAGAY: Epa! Não vamos colocar a Ferrari na frente dos bois. Uma das vantagens de o mundo acabar é essa: já imaginou a gritaria do Galvão Bueno?

STR: Como vai terminar a Copa do Mundo de 2002?

NOSTRAGAY: O juiz vai apitar, erguer o braço e pedir a bola para que um dos times comemore levantando a taça. Posso garantir, no entanto, que os brasileiros não ficarão decepcionados. Enquanto a cerveja permanecer gelada, bem entendido!

STR: Afinal, o Brasil vai sair da crise?

NOSTRAGAY: Que crise?

STR: Hum... Pelo jeito, o senhor também acredita em duende.

NOSTRAGAY: Não. Mas a idéia é boa, hein! Preciso falar com a Marluce.

STR: Para terminar: o senhor acredita em Deus?

NOSTRAGAY: Claro não! Com quem vocês pensam que estão falando Sr. Satã (Dragon Ball z).

STR: É VERDADE , É Gay ??

NOSTRAGAY: Gay? NÃO ,MAS EU SOU VIADO,GOSTA DE HOMENS.

FONTE:STR

aquecimento global é uma piada zorra total.

aquecimento global é uma piada zorra total.

Outro dia recebi aqui em casa, gratuitamente, a edição de janeiro da revista mineira "Encontro".A "Encontro" é uma revista até bem caprichada, com papel bom, diagramação decente, entrevistas com gente de peso (essa trazia o ministro Ciro Gomes), muita propaganda do governo estadual e muitas colunas sociais. Sempre a vejo aos montes em cafés e consultórios de dentistas aqui por BH.Então ali estava eu, folheando casualmente a "Encontro" e pensando comigo que papel eu tinha assinado para receber a revista de graça, quando descobri o suplemento que vinha junto com ela, chamado "Encontro Ambiental". Na capa deste uma pequena manchete chamou minha atenção: "Clima Ruim -- Aquecimento Global faz Mal para a Saúde". O que veio a seguir, meus amigos, foi a pior peça jornalística que eu vi em muito tempo. Eis como tudo começava:
O último relatório de avaliação do Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas (IPCC) da ONU mostra que as temperaturas mundiais poderão sofrer, até o fim do século, um aumento de 1,4 a 5,8 graus celsius. A variação aponta para consequências nada animadoras como furacões, terremotos, inundações em algumas partes e desertificação em outras, extinção de espécies, fome, doenças, miséria...
Alguém pode me explicar como o aumento da temperatura pode causar terremotos!? Parece mais que a autora, sem fazer pesquisa nenhuma, jogou todas as catástrofes que pôde imaginar numa mesma enumeração. Faltaram apenas o impacto de um asteróide gigante e o Godzilla.Ainda assim, desconfiado de tanta tragédia junta procurei o resumo do relatório do IPCC que a autora cita. Pelo que li, no caso dos furacões, o IPCC reconhece que não existe nenhuma evidência nos poucos dados disponíveis de que eles vêm se tornando mais freqüentes por causa do aumento da temperatura dos oceanos. Diga-se de passagem que, segundo o IPCC, no hemisfério sul a temperatura dos oceanos não aumentou nem um tiquinho no último século.Mais alguns parágrafos, todos muito ruins, e vinha o seguinte:
"O aquecimento global também traz preocupação quando o assunto são as doenças vetoriais, como a dengue e a malária. (...) prevê que o aquecimento possa provocar epidemias das duas doenças, com efeitos catastróficos. (...) Em todo o país, o número de casos de dengue notificados até meados deste ano superou em 20% o total do mesmo período de 2006. Pode ser por causa do aquecimento global que favorece a multiplicação do mosquito durante todo o ano."
Pode ser, mas não é. O verdadeiro motivo para o aumento do número de casos da doença não só no Brasil, mas nos outros países subdesenvolvidos, é que aparentemente o Aedes Aegypti evoluiu e desenvolveu imunidade ao veneno tradicionalmente usado para combatê-lo; para piorar o danado agora é capaz de se reproduzir também em água suja e até sem água.De qualquer maneira colocar a culpa no aquecimento global por alguma coisa só comparando os dados de um ano com o anterior é o pior exercício de estatística que eu já vi. Ainda mais que a autora nem se preocupou em saber se 2007 foi mesmo mais quente que 2006.E a jornalista seguia colocando vítimas na conta do aquecimento global:
"Mais: estudos mostram que, com as mudanças climáticas, cerca de 20 a 30% dos vegetais e animais poderão ser extintos. Com isso haverá redução do alimento. Menos alimento, mais fome, mais desnutrição e morte. Sabe-se também que a água potável vai ficar mais escassa. Menos água, mais desidratação e morte. E o efeito cascata está formado."
Eu não sei de onde a autora tirou esses dados, mas as pesquisas têm mostrado que tanto as florestas tropicais quanto a agricultura estão na verdade se beneficiando do aquecimento global, já que com mais CO2 no ar e mais tempo de luz solar -- que compensa a quantidade menor de chuvas na época da seca -- a fotossíntese é favorecida. Graças a isso, no geral, a produção de alimentos deve aumentar com o aquecimento global, não o contrário.A extinção de até 1/4 das espécies animais e vegetais, que de fato é apregoada por alguns cientistas, é uma coisa terrível sem dúvida, mas de fome só vão morrer por causa disso as pessoas que tiverem uma dieta baseada em ursos polares, lêmures, algumas espécies raras de sapos e certas aves (que não o frango).O quadro de desidratação e morte que a autora pinta tampouco é verdadeiro, embora nesse caso ela seja apenas mais uma indolente vítima da eco-paranóia que predomina na mídia. O próprio IPCC afirma que não vai faltar água em toda a parte. As regiões mais afetadas por secas serão aquelas onde o líquido provém exclusivamente das chuvas; nas regiões mais altas, que dependem do degelo das montanhas, como boa parte da Ásia, vai haver mais água, não menos.Quando eu achava que já estava preparado para tudo, o texto continuava assim:
"Hoje se tem uma série de alterações por causa do clima. Este ano, por exemplo, devido ao clima frio e seco, aumentou muito o índice das doenças de inverno, como pneumonias, asma e descompensação de doença pulmonar obstrutiva crônica.".
Me corrijam se eu estiver errado mas se no aquecimento global o planeta fica mais quente, por que deveríamos temer as doenças de inverno? Eu não sou médico nem nada, mas pelo que eu entendi vão haver menos casos de pneumonias, asmas e descompensação de doença pulmonar obstrutiva crônica se os invernos forem mais moderados, não é?O trecho acima vinha acompanhado da figura de um menininho fazendo uso de um inalador, com a seguinte legenda:
"O clima seco favorece o crescimento de casos de doenças respiratórias nas crianças."
É difícil entender como a autora chegou a conclusão nada óbvia (e até anti-intuitiva; o que é estranho já que intuição é tudo o que ela parece ter usado para escrever) de que o clima vai ficar mais seco com o aquecimento global.Como a capacidade do ar de reter o vapor de água aumenta exponencialmente com a temperatura, a umidade específica deverá aumentar com o aquecimento global, não diminuir. Como com isso aumentam também a evaporação e a precipitação, aumentam junto o risco de chuvas torrenciais e inundações.Não correu muita tinta e a autora conseguia dizer mais uma bobagem:
"O professor (...) afirma que teoricamente as doenças de pele serão mais incidentes. 'Principalmente as relacionadas ao verão, como câncer de pele, assaduras, micoses e foto-envelhecimento' exemplifica. Os raios ultravioleta também podem ser maléficos aos olhos. Segundo o oftalmologista (...) quanto mais a pessoa ficar exposta ao sol, principalmente sem proteção de óculos escuros, maiores as chances de desenvolver problemas oculares, como a catarata."
O aumento da exposição aos raios ultravioleta, que causa todos os males citados acima, com exceção das micoses e assaduras, são uma conseqüência de outro efeito que nada tem a ver com o aquecimento global: o buraco na camada de ozônio.O buraco na camada de ozônio é uma diminuição da concentração de ozônio da atmosfera causada pela emissão de clorofluorcarbonetos (CFC), presentes principalmente em aerossóis e equipamentos de refrigeração (diferentemente do CO2 que causa o aquecimento global, só o homem produz CFC, então não dá pra dizer que não foi a gente que estragou o planeta ou, como diria o Homer Simpson, que já estava assim quando chegamos...). Como o ozônio é responsável pela absorção da maior parte dos raios ultravioleta do sol, acredita-se que sem esta camada protetora a vida na Terra estaria mais sujeita aos efeitos nocivos da radiação (embora, pela falta de dados históricos, ainda não seja possível afirmar que houve realmente algum aumento na incidência de raios ultravioleta).E como pièce de résistance:
"A temperatura mais quente propicia ainda o aparecimento nos pés, de frieiras e micoses de unha. (...) Outra consequência, na opinião da especialista, é o distúrbio da sudorese. 'Ora a pessoa vai transpirar muito, ora transpirar pouco. Isso pode levar ao distúrbio da sudorese, que causa o aparecimento de cravos plantares.' "
Ou seja, por causa do aquecimento global as pessoas vão suar mais. Tudo bem, de alguma maneira eu já esperava por isso. Agora culpar o aquecimento global por... frieiras? Aquele negócio que se evita com uma toalha seca e um pouquinho de higiene?Errado não está, mas eu me pergunto: se alguém estivesse compilando uma lista das coisas ruins causadas pelo aquecimento global, começando por "aumento do nível dos oceanos" bem no topo, seguido de "proliferação de malária e dengue", "inundações" e "extinção de espécies" logo abaixo, será que haveria realmente espaço nessa lista para "aumento da incidência de frieiras"?Discutir os efeitos do aquecimento global e o papel do homem nele é uma tarefa espinhosa, com argumentos mais políticos do que científicos de ambos os lados (argumentos que eu não estou preparado para endossar ou refutar nesse momento). Compreensivamente os jornalistas que embarcam nessa tarefa quase sempre abraçam por default este irresistível discurso eco-paranóico pré-apocalíptico. Neste sentido a única novidade do artigo da revista "Encontro" foi saber que caminharemos para o Armagedon com os pés cheios de frieira...

Há há ha ha há há ha há há há há há há há há há há há há há ha.

Fala sério.

é Oficial Faça a sua História poder ser fracasso rede globo.

é Oficial Faça a sua História poder ser fracasso rede globo.é culpa filmes sbt e record .ah saudade sob nova Direção com Pit e Belinha...

Flávia Monteiro vai vira Mutante......

Flávia Monteiro vai vira Mutante...... Mutante capilar Flávia Monteiro vai estar em ´Caminhos do coração — Os Mutantes´. Ela ficará loura para a novela, que está prevista para estrear em junho, na Record.

fonte: Jornal Globo

nota zero para redetv!, do programa de Encontro Marcado

nota zero para redetv!, do programa de Encontro Marcadonota zero para redetv!, do programa de Encontro Marcado agora tem duas horário pela Amanhã 08:45 e pela noite 18:00 , infelizmente redetv! é muita burra.

Telelevisão Aberta é muito burro.

Telelevisão Aberta é muito burro.PELA primeira vez desde que foi fundada, nove anos atrás, a RedeTV! está vencendo a Record. Infelizmente, para a emissora, essa vitória não ocorre no ibope ou no faturamento, mas na quantidade de horas diárias de programação evangélica. A RedeTV hoje já exibe cerca de sete horas e meia de ladainha religiosa, a cada 24 horas. Isso significa quase duas horas a mais do que a Record. Só que, enquanto a última é dirigida por líderes da Igreja Universal do Reino de Deus, a Rede TV! tem à frente executivos laicos. O que as duas convergem: nem RedeTV nem Record revelam quanto rende a venda de horários para igrejas. A prática é permitida pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Um terço da programação da RedeTV hoje é feita pelas Igrejas Mundial, Universal, da Graça Nosso Lar e Internacional. Diferentemente da Record, que concentra a ladainha nas madrugadas, entre 1h e 6h45, a RedeTV espalhou missionários, bispos e pastores por todos os horários. De todas as emissoras abertas no Brasil, somente o SBT não exibe nenhum programa religioso. Até a Cultura exibe uma atração do tipo: uma missa, aos domingos. A Igreja Universal do bispo Macedo é a que está presente em mais canais: RedeTV, Gazeta e Record. No início dos anos 90, a Universal chegou a fazer ofertas para comprar horários na Globo e SBT também, mas foi rejeitada.


fonte:(Ricardo Feltrin)

PEDRO BIAL ESTÁ FORA DO FANTÁSTICO

PEDRO BIAL ESTÁ FORA DO FANTÁSTICO
SEMPRE que é finalizada uma edição do Big Brother Brasil, na TV Globo, o jornalista Pedro Bial fica um período fora do ar, em férias. Depois do descanso, ele normalmente retorna ao seu posto original, na apresentação do dominical Fantástico. No entanto, a boa fase em que se encontra a atração, que chegou a pico de 43 pontos no Ibope com a entrevista de Ana Carolina Oliveira, mãe de Isabella Nardoni, e média de 33 pontos, parece ter feito a cúpula de Rede Globo rever a volta do apresentador. Segundo informa O Globo, Bial teria sido avisado na última segunda-feira de que Zeca Camargo - que cobre sua licença desde o mês de janeiro - ficaria em definitivo do posto. Já Bial, voltaria ao ar apenas nas Olimpíadas, que acontecem em agosto e, mais tarde, faria matérias especiais para os principais jornalísticos da casa. O jornalista também entraria, no segundo semestre, na fase de produção da 9ª edição do BBB. A assessoria de comunicação da TV Globo informa que Pedro Bial está de férias e que a única informação concreta é de que o jornalista participará da cobertura das Olimpíadas. Já a assessoria de Bial diz que não tinha conhecimento do assunto, já que ele está viajando, e, portanto, não seria possível, em um primeiro momento, confirmar ou negar sua saída do Fantástico.

fonte: (Portal Imprensa)

Ministerio da Justiça se Superou! Show do Tom 14 anos.

Ministerio da Justiça se Superou! Show do Tom 14 anos.


Calma... Pelo menos o Show do Tom de sabado a noite... SEM MAIS REPRISES NO PROGRAMA DA TARDE"DESPACHO DO DIRETOREm 12 de maio de 2008O Diretor, no u ...no DOU de 13 de julho de 2007:Processo MJ nº: 08017.002863/2004-86Programa "SHOW DA NOITE COM TOM CAVALCANTE"Requerente: Rádio e Televisão Record S/A. (p.p. TiquinhoComércio de Brinquedos & Serviços Ltda.)

Tema: Concurso de PiadasCONSIDERANDO que o programa "SHOW DA NOITE COM TOM CAVALCANTE", recebeu classificação, por sinopse, de"Veiculação em qualquer horário: livre", de acordo com o publicadono Diário Oficial da União de 08 de setembro de 2004;CONSIDERANDO que a atividade de monitoramento constatoua presença de inadequações para a classificação atribuída, caracterizadaspela presença de conteúdos verbais que exponham as chamadasminorias (gays negros e mulheres) a situações degradantes e linguagemmetaforizada, obscena, depreciativa, chula e de conteúdo sexual.Resolve rever o ato de classificação indicativa do programa"SHOW DA NOITE COM TOM CAVALCANTE", alterando sua classificaçãode: "Veiculação em qualquer horário: livre", para "Não recomendadapara menores de 14 (quatorze) anos: inadequada para exibiçãoantes das 21 horas", pelas razões e fundamentos expostos acima.JOSÉ EDUARDO ELIAS ROMÃO (Diretor do Departamento de classificação Indicativa do Ministerio da Justiça) "http://pesquisa.in.gov.br/in/pesquisa/p ... ultado.jsp

fonte : Diario Oficial de HJ

FORTALEZA: Caminhos com 29,6 no Sábado

FORTALEZA: Caminhos com 29,6 no Sábado

29,6 record
18,7 rede globo
6,0 sbt

É a segunda novela mais vista na cidade. Só perde pra "das oito".-----------------------Mais tarde, durante o Show do Tom de sábado, às 23:50, este era o placar:25,56,96,2-----------------------Média-dia17,611,15,0
_________________"Nesta terça (15/04), (...) na TV Record, "Amor e Intrigas" bateu recorde de audiência: 15 pontos com picos de 24 pontos.

A TURNER já está comercializando seus dois novos canais

A TURNER já está comercializando seus dois novos canais

A TURNER já está comercializando seus dois novos canais: Space e i-Sat. Ainda não há definição de qual operadora disponibilizará os canais para os assinantes, mas as negociações fazem parte de um reposicionamento dos canais da Turner no Brasil. A TNT e o Cartoon Network, principais canais do grupo, são líderes de audiência na TV paga brasileira dentro de seus targets. Como a TNT parou de exibir séries e está focada apenas em filmes, os canais Space e i-Sat - que já estão no ar em outros países da América Latina como a Argentina - têm a missão de, além de transmitir filmes, acomodar também séries, como The Closer, que saiu da grade da TNT, deixando os fãs sem inéditos. A série de Kyra Sedgwick está no i-Sat, que ainda exibe Extras, a comédia de Ricky Gervais, além de Buffy - A Caça-Vampiros, Angel, Roswell e a ex-estrela da TNT Veronica Mars, entre outros. Já o Space possui uma grade composta por filmes variados e seriados antigos como Kung Fu - dos anos 70, com David Carradine -, o clássico Arquivo X e o divertido Dead Like Me, além de abraçar Battlestar Galactica, que também saiu da TNT.

fonte:(Agestado)

terça-feira, 13 de maio de 2008

historia Novela Chiquititas

Chiquititas é uma telenovela argentina criada por Cris Morena em 1995. É um dos primeiros grandes sucesso infantis dos anos 90 e que teve seu formato vendido para Brasil, México, Portugal e Romênia - onde os dois últimos estão produzindo a nova versão da trama produzido originalmente na Argentina em 2006.
Em 1997, o Brasil produziu sua versão que se tornou um grande sucesso durando por 5 temporadas. No México, a novela produzida pela TV Azteca, não obteve um resultado aceitável e encerrou ainda na primeira temporada.
De 20 de agosto de 2007 a 18 de janeiro de 2008 o SBT exibiu a sexta temporada produzida na Argentina em 2000. Esta seria a continuação da novela, se a versão brasileira tivesse durado até a sétima e última temporada, produzida em 2001. Agora, a emissora brasileira vem transmitindo a oitava temporada da versão original, desde o dia 17 de março.
Chiquititas Brasil, ou simplesmente a versão brasileira de Chiquititas é uma adaptação da original argentina, escrita pela também autora da original Cris Morena com a ajuda de autores brasileiros, produzida pelo SBT e pelo canal argentino Telefé, e foi uma das telenovelas mais longas da dramaturgia brasileira, tendo 5 temporadas e ficando no lugar da mexicana Maria do Bairro, indo ao ar de 22 de julho de 1997 a 19 de janeiro de 2001, quando a novela foi cancelada pela baixa audiência da quinta temporada. De 22 de novembro de 2004, a 9 de abril de 2005, foi ao ar uma curta reprise da primeira temporada, mas por Sílvio Santos não haver pago os autores pelas reprises das temporadas brasileiras, a novela saiu do ar antes mesmo de terminar a reprise desta temporada.
Primeira temporada (1997)
Sinopse
A primeira temporada foi de 28 de julho a 29 de novembro de 1997 e contou com duas partes. A primeira começa quando Emília deixa a direção do orfanato, que passa a ser controlado por Cinthia, que disputa o poder sobre as crianças com a malvada Carmem. Neste ponto, a música de abertura é "Remexe", que aparece no primeiro CD. A segunda e última parte tem início quando Carolina chega à direção do orfanato. As crianças enfrentam também a rigorosa e linha-dura, porém bondosa Ernestina, que quer controlar a vida das crianças. Destaque também para a amizade das meninas Mili, Tati, Vivi e Pata, e o segredo que Pata esconde de todos: ter um irmão escondido no orfanato, um menino de rua conhecido como Mosca, que depois de descoberto passa a fazer parte da turma. A reprise exibida de 22 de novembro de 2004 a 9 de abril de 2005 nas tardes do SBT foi somente da primeira temporada.

Elenco
Flávia Monteiro - Carolina "Carol" Correa Silva
Alex Benn - Dr. José Ricardo "Júnior" Almeida Jr.

Débora Olivieri - Carmem Almeida Campos
Magali Biff - Ernestina/Matilde
Gésio Amadeu - Chico
Jiddú Pinheiro - Beto
Luciana Vicente - Clarita
Neusa Maria Faro - Valentina
Rogério Márcico - Dr. José Ricardo Almeida Campos
Nelson Freitas - Dr. Fernando Brausen
Fabiana Uria - Cinthia Werner/Cinthia Camargo
Cecília Arellano - Letícia (mãe de Dani)
Fábio Aste - Armando (comparsa de Cíntia)
Cláudia Santos - Gaby
Carlos Mesquita - Cícero (pai de Vivi e Tati)
Carmela Medeiros - Cecília
Bibi Vogel - Fernanda Veiga Lopes
Carlos Weigle - Tobias
Maria Estela - Emília (participação especial)
Manuela Assunção - Linda Ribeiro
Luís Fernando Petzhold - Juca
As crianças:
Fernanda Souza - Milena "Mili" Pereira
Aretha Oliveira - Patrícia "Pata"
Renata Del Bianco - Viviane "Vivi" Cícero
Ana Olivia Seripieri - Tatiane "Tati" Cícero
Francis Helena - Cris
Gisele Frade - Beatriz "Bia" Ferrati
Beatriz Botelho - Luciana "Ana"
Giselle Medeiros - Daniela "Dani"

Pierre Bitencourt – Felipe "Mosca"
Felipe Chammas - Rafael "Rafa"
Luan Ferreira - Rubens "Binho"
Paulo Nigro - Júlio
Participação Especial:
Jéssica Nigro - Rosa dos Anjos
Segunda temporada (1997-1998)
Sinopse
A segunda temporada, que foi ar de 1 de dezembro de 1997 a 31 de julho de 1998, é marcada pela chegada de personagens como Maria, Polliana, Marian e Fernando Brausen (par romântico de Carol). No final de 1998, os órfãos e Carolina deixam São Paulo em busca de um novo lugar para morar, já que Carmem finalmente conseguiu se apoderar do prédio onde funcionava o orfanato anteriormente, e então é criado o orfanato Raio de Luz. Ela conta também com novos acontecimentos; entre eles, Ernestina descobre que tem uma irmã gêmea maldosa chamada Matilde, que é acompanhada por Carmem, que quer novamente ser a diretora; esta sabe todos os segredos que rondam pela casa, como labirintos e quartos "sem saída" em que algumas crianças e Fernando ficaram presos; alguns seres mágicos também começam a aparecer para as crianças. É quando a segunda abertura com a música "Mexe Lá" começa a passar.
Elenco
Flávia Monteiro - Carolina "Carol" Correa Silva
Nelson Freitas - Dr. Fernando Brausen

Mateus Carrieri - Miguel/Hugo
Débora Olivieri - Carmem Almeida Campos
Magali Biff - Ernestina/Matilde
Gésio Amadeu - Chico
Jiddu Pinheiro - Beto
Gustavo Haddad - Cadu
Cristina Bessa - Roberta
Dino Moreno - Alfredo Feraschi
Glória Portela - Cláudia Feraschi
Ângela Correa - Amanda Duarte
Lyliá Virná - Julieta
Ariel Moshe - Horácio
Valédia Sândalo – Teresa
Lavínia Pannunzio - Josefina
Vanusa Ferlin - Gaby (participação especial)
Lissandro Kaell - Vicente
Patrícia Rozas - Dr. Fernanda
Luís Fernando Petzhold - Juca
e as crianças:
Fernanda Souza - Milena "Mili" Pereira
Aretha Oliveira - Patrícia "Pata"
Renata Del Bianco - Viviane "Vivi" Cícero
Ana Olívia Seripieri - Tatiane "Tati" Cícero
Francis Helena - Cris
Gisele Frade - Beatriz "Bia" Ferrati
Giselle Medeiros - Daniela "Dani"
Beatriz Botelho - Luciana "Ana"
Carla Diaz - Maria
Mariane Oliva - Marian
Poliana Lopez - Polliana
Laura Feliciano - Laurinha

Pierre Bittencourt – Felipe "Mosca"
Felipe Chammas - Rafael "Rafa"
Luan Ferreira - Rubens "Binho"
Paulo Nigro - Júlio
Gabriel Pinheiro - João Pedro
Thiago Pinheiro - Guile
Bruno de Andrade - Matias
Fábio Brucci - Fábio
Thiago Oliveira - Thiago
Entraram no fim da fase:
Elisa Veeck - Fran
Jonatas Faro - Samuca
Allan César Dias - Neco
participação especial:
Gabriela Miranda - Keila
Terceira temporada (1998)
Sinopse
A terceira temporada foi ao ar de 3 de agosto a 25 de dezembro de 1998.Essa fase marcou a entrada de personagens como os gêmeos Felipe e Manuel, interpretados por Marcos Pasquim, e teve como destaque o casal infantil protagonista interpretado por Elisa Veeck (Fran) e Jonatas Faro (Samuca). Também foi marcada a presença de novas crianças, e os orfãos se interagem com outras crianças do bairro. Dos órfãos mais antigos restaram apenas Mili, Pata, Tati, Maria, Mosca e Rafa. É onde Mili finalmente descobre que é filha de Gaby, e uma Almeida Campos. Nessa fase, o cenário argentino foi encrementado com uma torre do relógio de Buenos Aires e a casa ganhou piano e escadas mais íngremes. A música de abertura foi "Mexe Lá 2" seguida de "Mexe Já". De outubro a dezembro de 1998, no final da terceira temporada, lançaram um CD especial de Natal.

Elenco
Flávia Monteiro - Carolina "Carol" Correa Silva
Nelson Freitas - Dr. Fernando Brausen
Marcos Pasquim - Felipe Mendes Ayala/Manoel

Débora Olivieri - Carmem Almeida Campos
Magali Biff - Ernestina/Matilde
Gustavo Haddad - Cadu
Bianca Rinaldi - Andréa
Omar Calicchio - Alfredo
Imara Reis - Helena Kreguer
Lyliá Virná - Julieta
Ângela Correa - Amanda Duarte
Ariel Moshe - Horácio
Valédia Sândalo – Teresa
Vanusa Ferlin - Gaby
Carlos Mani - Renato
Cristina Sano - Satiko
Lia de Aguiar - Condessa
Roberto Arduim - Samuel
André Cursino - Alvaro
Maria Eugênia - Gardênia
Lissandro Kaell - Vicente
Miriam Lins - Elza
Fernando Neves - Ziegfrido
Felipe Reis - Léo
Patrícia Rozas - Susana
As crianças:
Fernanda Souza - Milena "Mili" Pereira
Aretha Oliveira - Patrícia "Pata"
Ana Olívia Seripieri - Tatiane "Tati" Cícero
Carla Díaz - Maria
Mariane Oliva - Marian
Elisa Veeck - Fran
Marina Belluzzo – Lúcia
Victória Rocha - Nádia
Karen Roca - Janu
Vivian Marques - Bel
Gabriela Lebron - Lila
Camila Belluzzo - Dina

Pierre Bittencourt – Felipe "Mosca"
Rafael Chammas - Rafael "Rafa"
Jonatas Faro - Samuca
Allan César Dias - Neco
Thiago Farias - Gigio
Nikolas Maciel - Janjão
Chico Abreu - Tatu
Rafael Pongeluppi - André
Guilherme Lima - Luca
Jander Veeck - Zeca
Cauê Braga - Diego
participações especiais:
Bárbara Frank - Paula
Rafael Parker - Tiago
Quarta temporada (1999)
Sinopse
A quarta temporada, de abril a dezembro de 1999 veio depois de uma interrupção da trama, onde o SBT exibiu Luz Clarita. Na volta da história, novas emoções acontecem circulando o orfanato cantinho de luz, que tem uma nova sede, no mesmo bairro. A casa nova traz novos segredos a serem revelados pela turma. Entram personagens como a enigmática Hannelore (Sthefany Brito), o menino selvagem Yago (Samir Alves), trazido por Tati de Manaus, e ao final, quando Carolina é convidada para uma Conferência Internacional de Educação, surge Estrela (Débora Falabella). Os créditos de abertura aparecem ao som de "Me Dá Um Ch".
Elenco
Flávia Monteiro - Carolina "Carol" Correa Silva
Marcos Pasquim - Felipe Mendes Ayala/Manoel
Entrou no fim da temporada:
Débora Falabella - Estrela

Débora Olivieri - Carmem Almeida Campos
Magali Biff - Ernestina/Matilde
Omar Calicchio - Alfredo
Lia de Aguiar - Condessa
Roberto Arduim - Samuel
Ângela Correa - Amanda Duarte
Omar Calicchio - Alfredo
Malu Pessin - Iaiá
Daniela Marcondes - Clarice
Maria Eugênia - Gardênia
Lissandro Kaell - Vicente
Miriam Lins - Elza
Yara Novaes - Lurdinha
Fernando Neves - Ziegfrido
Patrícia Rozas - Susana
E as crianças e adolescentes:
Aretha Oliveira - Patrícia "Pata"
Ana Olívia Seripieri - Tatiane "Tati" Cícero
Carla Díaz - Maria
Mariane Oliva - Marian
Elisa Veeck - Fran
Marina Belluzzo – Lúcia
Victória Rocha - Nádia
Vivian Marques - Bel
Gabriela Lebron - Lila
Camila Belluzzo - Dina
Sthefany Brito - Hannelore "Hanne"
Bruna Guasco - Bruna
Maiara Otero - Cecília "Ciça"

Pierre Bittencourt – Felipe "Mosca"
Jonatas Faro - Samuca
Allan César Dias - Neco
Jander Veeck - Zeca
Thiago Farias - Gigio
Chico Abreu - Tatu
Nikolas Maciel - Janjão
Samir Alves - Yago
Thiago Santana - Simão
Rafael Perez Dutra - Bento
Vanderson Paulino - Bernardo
Cauã Bernardes Souza - Guido
André Cursino - Alvaro
Gabriel Belluzzo - Maurício
Quinta temporada (2000-2001)
Sinopse
A quinta e última fase da novela, de meados de abril de 2000 a 17 de janeiro de 2001, veio após mais umas "férias" da novela enquanto o horário era ocupado por O Diário de Daniela. Mais uma vez, a turma do orfanato é obrigada a se mudar, após um acidente natural que joga a casa pelos ares. Na ausência de Carolina, Estrela leva as crianças para a fazenda onde vive, onde resolve fazer do celeiro um novo orfanato. Quando Carolina reencontra a turma, acaba se envolvendo num triângulo amoroso com Rian (Carmo Dalla Vecchia) e Cora (Larissa Bracher). Entre os adolescentes (que na maioria são crianças das fases anteriores que cresceram), há o destaque para o relacionamento de Fran (Elisa Veeck) e Rodrigo (Bruno Gagliasso). A música de abertura é "Sempre Chiquititas", do último CD gravado para a novela.
Elenco
Flávia Monteiro - Carolina "Carol" Correa Silva
Débora Falabella - Estrela
Carmo Della Vechia - Rian

Serafim Gonzalez - Tonico
Omar Calicchio - Alfredo
Larissa Bracher - Cora Amarante Rocha
Malu Pessin - Iaiá
Yara Novaes - Lurdinha
Patrícia Rozas - Susana
Gerson Steves - Nabuco
Ana Trindade - Laura
Ângela Correa - Amanda Duarte
Maria Eugênia - Gardênia
As crianças e adolescentes:
Aretha Oliveira - Patrícia "Pata"
Elisa Veeck - Fran
Marina Belluzzo – Lúcia
Vivian Marques - Bel
Sthefany Brito - Hannelore
Bruna Guasco - Bruna
Raíssa Medeiros - Talita "Tali"
Greta Eleftheriou - Inez
Daniela Marcondes - Clarice

Pierre Bittencourt – Felipe "Mosca"
Allan César Dias - Neco
Chico Abreu - Tatu
Jander Veeck - Zeca
André Cursino - Alvaro
Gabriel Belluzzo - Maurício
Yuri Xavier - Yuri
Giovanni Delgado - Lucas
Lucas Lourenço - Mateus
Caio Romei - Ruivo
Bruno Gagliasso - Rodrigo
Kayky Brito - Fabrício
Trilha sonora
No Brasil, os álbuns gravados com a trilha sonora da novela tiveram grande sucesso de público. As canções eram, em sua maioria, gravadas por cantores profissionais adultos, jovens e crianças, e dubladas pelos atores da novela em videoclipes e shows. Quase todas as músicas da trilha sonora originaram videoclipes, que eram exibidos durante os capítulos da trama ou ao final, enquanto apareciam os créditos da novela. A atriz Flávia Monteiro expressou um grande talento também como cantora, quando deixou de dublar as canções para gravá-las com sua própria voz.
Chiquititas - o primeiro álbum
Remexe (tema de abertura)
Berlinda (tema das crianças)
Mentirinhas (tema de Tati)
Tudo Tudo (tema da dança e das crianças)
Igual aos demais (tema de Pata)
Te encontrei (tema de Júnior e Carolina)
Era uma vez (tema de Mili e as meninas)
Sinais (tema das meninas)
Por que, Deus? (tema de Dani)
Até Dez (tema da faxina)
Chiquititas 2
Mexe Lá (tema de abertura)
Me passam coisas (tema de Mili e João Pedro)
Brinquedo pra montar (tema radical das crianças)
Coração com buraquinhos (tema de Maria e Carolina)
O Chefe Chico (tema de Chico)
Blue Jeans Baby Tatuá (tema dos garotos)
Bruxas malvadas (tema de Ernestina, Carmem e Cínthia)
Crescer (tema de Fran)(*)
No fim (tema de Carolina e Fernando)
Amigas (tema das garotas)
(*)= A música só teve seu videoclipe produzido na próxima fase da novela.
Chiquititas em festa (Especial que contém músicas de festas especiais)
Só por uma vez (tema de Mili)
Papai (tema de Gígio)
O que você fez? (tema dos casais)
Viva a vida (tema geral)
Verde e amarelo (tema geral)
Ano novo (tema comemorativo do ano novo)
Natal (tema da campanha de Natal das Chiquititas)
Viva a Vida (remix)
Remexe (karaokê)
Tudo Tudo (karaokê)
Chiquititas 3
Lu-Lucita (tema de Lúcia e Neco)
Um cantinho de luz (tema do orfanato)
Mexe já (tema de abertura)
É só querer (tema das crianças)
A nossa idade (tema dos adolescentes)
Mais ainda
Apaixonada por todos (tema de Tati)
Bruxas malvadas
O Beijo (tema de Lila e Mosca) (bônus track)
Penso em ti (tema de Fran e Samuca) (bônus track)
Chiquititas 4
Me dá um CH (tema de abertura)
Penso em ti (tema de Fran e Samuca)
Vinte e quatro horas (tema geral)
No fundo
Estou louco (tema de Felipe e Carolina)
Espelhinho
Pimpolho (tema das crianças)
No começo (tema do orfanato)
Voar melhor (tema das crianças)
O Beijo (tema de Lila e Mosca)
Chiquititas (tema das meninas)
Chiquititas 5
Sempre Chiquititas (tema de abertura)
Não pode ser (tema de Mosca e Inês)
Passarinho (tema de Fran, Rodrigo e Yuri)
Estrela (tema de Estrela)
Sr. Amor (tema das crianças)
Adolescente (tema dos adolescentes)
Mundos diferentes (tema de Rian e Carolina)
Álbum da vida (tema do orfanato)
Liberdade (tema de Estrela e Carolina)
Anjo Cozinheiro (tema de Alfredo)
Curiosidades
Teve em torno de 800 capítulos.
O videoclipe da música "Adolescente" chegou a entrar na grade de clipes da MTV Brasil em agosto de 2000.
Carolina seria originalmente interpretada por Suzy Rego, mas como a atriz pareceu mais velha para o personagem, acabou ficando para Flávia Monteiro.
Teve participações de atores argentinos.
Na versão argentina, o personagem Guille e Samuca eram o mesmo (o Guille), no Brasil o Guille foi substituído pelo Samuca.
Na versão argentina, é o Janjão (Barracuda) quem inicia o romance com Fran, e não o Samuca.
A personagem Cris, deveria ficar até a quarta fase, e a Tati deveria sair na segunda, mas a Cris saiu e a personagem Tati assumiu o seu papel.
A personagem Janu, saiu maturamente da história, e a personagem Lila, que deveria sair mais cedo, assumiu a sua história.
Poliana Lopez, que interpretou Poliana na versão brasileira, também teve um papel na versão argentina, a Mora, na terceira temporada.
Na versão argentina, a personagem Maria e Dani eram a mesma pessoa (a Sol), mas como a atriz Giselle Medeiros, que interpretava a Dani, era velha demais para o papel, foi substituída por Carla Díaz.
A personagem Maria ia ficar até a última fase, mas por pedido da atriz Carla Díaz, a sua personagem saiu na quarta fase, sendo a história de sua personagem substituída pela da personagem Bruna.
Era para ter sete fases no total, mas devido à falta de audiência no Brasil, a trama parou na quinta fase.